Posts Recentes

Sigam-me, os bons!

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Entrevista com o ilustrador Jefferson Passos



Bom Dia,
como havia anunciado em posts anteriores que teríamos novidades...

trago hoje a minha primeira entrevista com o querido amigo Jefferson Passos.
Ele é o ilustrador do livro acima,
em breve teremos aqui a entrevista com a escritora do livro.
Espero que todos amem como eu kkkk
link do blog dele:


1-Vamos começar com sua Apresentação? Nome, idade, profissão e o que você considerar mais interessante:

1 - Meu nome é Jefferson Passos, 31 anos, nasci em Monte Alegre de Minas e vivo em Uberlândia / MG. Sou formado em Artes Plásticas pela UFU. Além de artista plástico sou ilustrador e arte -educador.

2-Sobre sua formação, seu tempo de faculdade, que é um período incrível, o que mais lhe marcou e que está presente hoje em sua atuação profissional?
2 -Fiquei cinco anos na faculdade de Arte e conheci pessoas de todos os tipos, amigos, conhecidos ou pessoas que simplesmente passavam por lá. Iso abriu muito minha mente para possiblilidades plásticas, no ousar, no processo de buscar inspirações. Precisava sair da minha zona de conforto que era o simples fato de "desenhar bem". Hoje vejo essa diversidade que vivi na faculdade muito presente em minha pesquisa plástica.

3-Em seu trabalho como ilustrador o que mais te encanta?

3 - O que mais me encanta em ilustrar, primeiramente vem o fato de produzir imagens para a infância que é um público pro qual eu gosto de trabalhar. Me sinto meio que criança experimentando suportes, tintas, materiais diferentes, errando, acertando, aprendendo o tempo todo. A parte teórica também me encanta. Estudo muito, leio, coleciono imagens. Ilustrar não é tão simples quanto parece. Existem muitos pontos a considerar desde o público alvo para determinado projeto até a disposição das imagens e cores no papel, as letras, tamanho da fonte. Estou adorando estudar e praticar tudo isso!


4-Li em uma matéria no Blog Gira Giraffa que você "Trabalhou  com Rosi Ferreira por aproximadamente quase um ano para ilustrar  Pituco - o Gatinho"
Como foi esse processo criativo para atender as expectativas de uma outra pessoa no caso a escritora?

4 - A Rosi é mãe de um ex aluno meu e já conhecia meu trabalho como arte educador. UM dia ela me convidou pra ilustrar um texto que ela havia escrito e lançar um livro. Topei na hora! A partir daí fui estudar um pouco mais sobre ilustração. Conheci a casa da Rosi, o gato dela de estimação (Sim! ele existe!!) e passei a observar alguns detalhes da casa e ouvir histórias sobre o Pituco. Entre encontrar uma identidade visual pro personagem e partir para as ilustrações foi um bom tempo. Foi uma responsabilidade muito grande pois eu não tinha que, de certa forma inventar, pois o personagem era real, estava alí na minha frente e logicamente a escritora e dona do gato também tinha suas expectativas.

5-Falando em Processo Criativo, como ocorre o seu?

5 - Eu gosto muito de internet e procuro fazer um banco de dados de imagens que possam me inspirar em determinado projeto. Gosto também de fazer trabalho de campo, visitar lugares que também possam me inspirar. Vou ao museu, vejo exposções online pra perceber o que a galera tá produzindo. E também leio muito a respeito do que vou trabalhar. Então até eu começar os primeiros esboços, demora um pouco, preciso de uma "bagagem" pra criatividade trabalhar melhor. Daí eu começo a juntar coisas (papéis coloridos, tecidos estampados, texturas diferentes, rendas, linhas. Guardo tudo e meus amigos até sabem disso então me enchem desses objetos. tem horas que nem tenho onde guardar isso tudo. rsrs

6-A repercussão do seu trabalho com este livro foi o esperado? Porque?

6 - Se pensar que temos pouco tempo de lançamento ( o livro saiu em final de setembro de 2012) algumas coisas me surpreendem e outras estao dentro do esperado. Mas ainda tem muito trabalho com o livro, gostaria que ele  extrapolasse os limites de Uberlândia e fosse para outros lugares e quem sabe uma Editora adotar o nosso projeto. Daí sim eu estaria satisfeito.

7-Trabalho com Educação Infantil, e nesta etapa da infância a imagem é muito explorada, tanto pelas crianças quanto por nós os profissionais. Você acredita que o trabalho de ilustrador pode aproximar as crianças da leitura?

7 - Sim pois, ao meu ver elas já leem as imagens antes mesmo do texto. è uma forma de narrativa visual onde elas criam o texto na cabeça a partir do que veem nas imagens. Já li uma vez que o livro infantil é praticamente o primeiro contato da criança com a arte e acredito nisso! Entusiasmada pelas imagens isso instiga a ela a ter a autonomia de conseguir ler também s textos sozinha.
8-Você como ilustrador, artista e educador poderia contribuir com os profissionais que trabalham com imagem mas que não possuem sua formação com algumas orientações? O que poderia recomendar?

8- Oriento que busquem sempre e não se acomodem somente com o que dominam. Tudo muda o tempo todo e precisamos acompanhar isso. As experiências visuais e sensoriais também devem ser levadas e consideração. Veja trabalhos de outros artistas, não somente dos que vc gosta. Devemos realmente sair da nossa zona de conforto e ampliar o repertório visual. Também costumo ter pastas no computador pra guardar imagens interessantes.

9-Você é um leitor? De 1 a 10 quanto você realmente lê, ou o seu trabalho te aproximou da leitura?

9- Sempre gostei de ler. Sempre frequetei a biblioteca da escola, pricipalmente a sessaõ de livros infantis. Leio quase que o tempo inteiro. A ilustração me aproximou de um tipo de leitura mais específica.

10-Eu costumo dizer que desenho o que as pessoas me diz e o que leio em minha mente, isso me ajuda a compreender melhor e a memorizar mais. Pra você como se dá essa relação entre a leitura e a imagem?

10 - Enquanto leio, seja lá o que for, imagens imediatamente povoam minha cabeça e na maioria das vezes eu tenho vontade de registrá-las no papel. Por isso carrego sempre um caderninho de esboços.

11-Somos bombardeados a todos os segundos com diversas imagens, e as crianças também. O mercado da imagem para crianças é muito forte e arrisco a dizer até apelativo, neste contexto, como é trabalhar com imagens para o público infantil?

11 - A criança de hoje não é tão "infantilizada" como em outras épocas. Elas tem acesso a informações muito cedo. POr isso acho que enquanto produtor de imagens não devo subestimar a criança. Deve criar imagens em que ela possa fantasiar, descobrir, ler nas entrelinhas pois imagens prontas chegam a todo momento e deixam a criança com preguiça de pensar. As ilustrações para o público infantil também possuem seu caráter pedagógico, de formação de opinião e senso crítico.

12-Você costuma incentivar pessoas a ler, o que faz para isso?

12 - Incentivo sim! Presenteio meus afilhados e agora meu sobrinho com livros. As vezes também sento com eles para contar histórias e desenhar. Esse gostar de incentivar a leitura também me aproximou muito da ilustração infantil. Se formamos bons leitores hoje, amanhã teremos pessoas mais criativas, críticas, capazes de solucionar questões diversas. Leitura, sempre!

13-O que você está lendo agora?

13 - Estou lendo "para ler o livro ilustrado" de Sophie Van der Linden (Cosacnaify). Também adoro ler os livros infantis do André Neves, pois adoro a poética de suas palavras e imagens. Ah, também estou lendo muito o texto do próximo livro que estou ilustrando. É fantástico, mas não posso falar muito dele agora. Surpresa! Aguardem! Pra quem gosta de algodão doce é um prato cheio...rsrsrs.

14-Que livro mais te marcou e porque?

14 - Eu ainda sou um iniciante nesse mundo da ilustração infantil e tenho muito o que pesquisar, aprender. Tudo é muito fantástico, as possibilidades de criação são imensas. Estou adorando a repercussão e as portas que estão se abrindo com o livro do Pituco. Agradeço muito à Rosi Ferrira por confiar no meu trabalho e acreditar em mim nesse maravilhoso projeto e aos meus ex- alunos pelas experiência que ficaram e que transponho nas minhas imagens.Quero encontrar meu lugar nesse mundinho, ilustrar muitos e muitos livros, receber prêmios, trabalhar para várias editoras e saber que minhas imagens chegaram os mais diversos olhares. E conciliar minha carreira de Artista Plástico na medida do possível. Sou muito aberto à conversas e trocas de experiência sobre o assunto. Deixo meu blog para que possam acompanhar meu trabalho, deixar críticas e sugestões: www.jeffersonpassos2.blogspot.com.br

15-Espaço para você compartilhar com todos o que quiser:

15 - Dru, eu adorei a oportunidade de responder a essa entrevista. Obrigado de coração pelo convite, por admirar meu trabalho, pelo espaço no seu blog e também por ser mais uma a disseminar a Arte, a Cultura, o Artesanato, as boas idéias! Continue assim! Parabéns pra vc!!!!
Jefferson Passos
Artista Plástico / Arte Educador / Ilustrador Infantil
(34) 9102-8816 / Uberlândia MG
Blog.: jeffersonpassos2.blogspot.com

Quero lhe agradecer por sua atenção e dedicação, lhe dizer que pra mim é um prazer enorme pois realmente admiro seu trabalho. Obrigada, te desejo muito sucesso. Fique sempre à vontade.
Jefferson,

Que Deus o ilumine sempre.

Beijos a todos!
Obrigada Jefferson!
Obrigada Senhor!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Barrinha

Encontre o que você precisa pelos Tags do meus Marcadores: