Posts Recentes

Sigam-me, os bons!

sábado, 14 de janeiro de 2012

Guirlandas Natalinas 100% Recicladas!










Todos os anos a família do lado do meu esposo se reuni para a Ceia Natalina, e as mulheres ficam por conta de levar um prato doce ou salgado já prontos, e assim ninguém fica sobrecarregado, e os homens ficam por conta da bebida. Todo ano também decoro a mesa de frutas. E pra falar a verdade todo ano eu sofro, primeiro porque não sou ligada a cozinha, segundo porque tenho sempre que depender de uma das outras mulheres da família e terceiro fico sempre com a sensação de que não contribuí. Pensando nisso me ofereci para entrar com a decoração da festa neste ano. A mulherada amou, meu marido ficou decepcionado, mas Deus abençôou e deu tudo certo.
Como já disse em posts anteriores, devido a reforma da minha casa, que ainda não tem previsão de termino, eu e meu esposo estamos muito endividados, sendo assim fiquei sem grana, salário, 13º salário, férias...foram tudo para pagar empréstimo, fiquei apavorada.
Precisava de mesas com cadeiras, forração, decoração das mesas e do espaço...
Ufa! Como faria sem dinheiro?
E sem esquecer de mencionar que minha cabeça estava fervilhando de ideias...
Então Orei, e falei a Deus abertamente de minhas angústias, e Ele me disse claramente para falar com meu marido. Confesso a vocês que por um único momento pensei em recuar, e até adiei um pouco, tentando outras alternativas, pois temia a reação dele. Até que tudo que tentava esbarrava em uma dificuldade em que eu via que precisava dele. Lembrei-me também de uma históriazinha que termina assim: "Quando Deus manda até o diabo obedece"... Sendo assim, falei com ele primeiro sobre as cadeiras e mesas, transporte e tal.
Ele me disse que a empresa que trabalha havia alugado mesas e cadeiras e que se eles não fossem buscar até sexta-feira, ele as levaria. Não foram buscar e assim tivemos dez mesas quadradas, como eu queria, para a festa. Minha cunhada queria locar um brinquedo inflável para as crianças. Lembrei que na empresa onde meu esposo trabalha tem pimbolim, falei com ele, e conseguimos emprestado.
Minha amiga Marcilene possui uma empresa de festas, conversei com ela para que me alugasse a forração para eu pagá-la depois, ela me emprestou sem cobrar nada, por amizade mesmo.
Faltava ainda a decoração...
Agora as guirlandas.
Elas foram possivéis porque utilizei uma árvore de natal que minha cunhada iria descartar, assim eu tinha a base, mas não estva satisfeita porque não tinha infeites para decorá-las.
Estava eu sentada no sofá e muito desanimada, quando meu marido chegou do trabalho e jogou no meu colo uma sacola dizendo: "-Ah sua tia mandou, a patrou dela ia jogar fora..."
Quando vi o que era, gritei, ri e chorei ao mesmo tempo...
Na sacola continha todos os infeites que usei nestas guirlandas aí em cima, eram sobras da decoração dela de anos anteriores que iriam parar no lixo e que Graças a Deus foram desviadas e vieram parar em minhas mãos. Acreditem, para compor a decoração eu comprei apenas duas caixas de velas verdes de citronela e dois tubos de sprey prata.
No dia seguinte confeccionei todas as guirlandas com um entusiasmo divino.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget

Barrinha

Encontre o que você precisa pelos Tags do meus Marcadores: